Disclaimer: The views, suggestions and opinions expressed here are the sole responsibility of the experts. No ZEX PR Wire journalist or Editor was involved in the writing and production of this article.

SÃO PAULO, 24 de abril de 2020 /PRNewswire/ — O Covid-19 se alastrou e o mundo vem travando uma intensa batalha para detê-lo. Entre as recomendações médicas, estão: evitar contato físico, etiqueta respiratória, não compartilhar objetos de uso pessoal, manter os ambientes ventilados, não frequentar locais com aglomerações e higienizar bem as mãos com água e sabão ou álcool gel.

“Esse é um problema grave para a saúde pública do Brasil. Vemos os números aumentarem diariamente, mas manter-se calmo e informar-se corretamente são recursos importantes para lidar com a doença neste momento”, afirma o dermatologista André Piancastelli (CRM: 29915 – MG). Assim como o Ministério da Saúde, a Sociedade Brasileira de Dermatologia, da qual Piancastelli faz parte, indica utilizar álcool gel na impossibilidade de lavar as mãos com água corrente e sabonete.

O álcool gel recomendado é o 70% medicinal, que é apropriado para a pele e diminui o tempo de vida do vírus para um minuto, em até 70% dos casos. Devido a sua alta sobrevivência em superfícies – nas de metal, vidro e plástico é de nove dias – o cuidado com a higiene das mãos torna-se fundamental para evitar contaminações.

O uso frequente do produto compromete a camada de gordura e reduz a umidade natural da pele. Além disso, lavar as mãos continuamente pode causar o ressecamento, pois, o excesso de água retira o NMF, sigla em inglês para fator de hidratação natural. Esse importante componente é solúvel em água e fundamental para retenção de água na pele. As mãos, então, ficam com sensação de ressecamento, aspereza e aspecto descamativo. O ressecamento também compromete a função de barreira da pele, contribuindo para o surgimento de dermatites e outras patologias. Para contornar esse ponto, a Sociedade Brasileira de Dermatologia indica a aplicação de cremes e loções hidratantes de três a quatro vezes ao dia, sempre após o álcool gel evaporar por completo das mãos.

Ao escolher o hidratante, é importante considerar o tipo de pele para que o efeito seja o desejado. A linha Cetaphil conta com produtos específicos e que podem evitar o ressecamento das mãos.

FONTE Galderma

SOURCE Galderma